CENA I | NO JARDIM DO PALÁCIO

O príncipe Siegfried comemora sua maioridade com seus amigos. Chegam moças e rapazes da aldeia e reina grande alegria. Entra a mãe de Siegfried, que o presenteia com uma arma e o lembra que, durante o baile, ele deverá escolher uma esposa para tornar-se rei. Há danças da corte e um pas de trois do príncipe com suas amigas. Na saída do baile, todos veem uma revoada de cisnes. Os amigos do príncipe juntam-se a ele e vão caçar.

CENA II | NA FLORESTA PRÓXIMA AO LAGO

Enquanto caminha pela floresta, Siegfried testemunha uma revoada de cisnes brancos cruzando o céu. Ao se aproximar do lago, avista um belíssimo Cisne Branco. Repentinamente, o pássaro se transforma na mais bela jovem: Odette, a rainha dos cisnes. Assustada, Odette tenta fugir, mas Siegfried a detém. Ela revela que ela e suas amigas foram enfeitiçadas pelo mago Rothbart, condenadas a viver como cisnes durante o dia e recuperar a forma humana apenas entre a meia-noite e a aurora. Somente um amor verdadeiro pode quebrar o encantamento. Rothbart aparece e os ameaça, fazendo-os recuar. Siegfried, apaixonado, convida Odette para acompanhá-lo ao baile e promete que ela será sua escolhida. Consciente dos perigos, Odette avisa-o sobre os planos de Rothbart. Jurando-lhe amor eterno, Siegfried é iluminado por um clarão, anunciando a aurora. As jovens retornam à sua forma de cisnes e afastam-se, deslizando sobre a superfície do lago.

CENA III | NO SALÃO DO PALÁCIO

Durante o baile, Siegfried é obrigado a escolher uma esposa entre as jovens presentes. Cinco princesas de diferentes nações fazem sua apresentação, mas nenhuma delas captura o coração do príncipe, que só tem olhos para Odette. A chegada de Rothbart e sua comitiva traz uma reviravolta à festa. Danças representando diversos países são realizadas. Odile, filha de Rothbart, surge, vestida de preto e extremamente semelhante a Odette, seduzindo Siegfried. Iludido pela aparência, o príncipe corteja-a sem perceber a cilada. Ao final da dança, Siegfried jura amor eterno ao Cisne Negro, quebrando sua promessa a Odette. Ao perceber seu engano, Siegfried parte em desespero para o lago, determinado a encontrar seu verdadeiro amor.

Sobre a Curitiba Cia de Dança

A Curitiba Cia de Dança foi criada em 2013 pela pela empresária e produtora cultural Nicole Vanoni Nicole Vanoni, com a proposta de experimentação, pesquisa e criação em dança contemporânea. No repertório, estão balés clássicos de repertório, como O Quebra-Nozes, Dom Quixote e O Lago dos Cisnes, e criações contemporâneas, como Mirolando, Memória de Brinquedo, Dançando Villa, Relações, Quando se Calam os Anjos e A Lenda das Cataratas.

Nesses 10 anos, já foram mais de 5 mil apresentações em mais de 200 cidades do Brasil e do exterior (Itália). Hoje, a companhia tem como parceira a bailarina mais renomada do país, Ana Botafogo, que atua como uma grande conselheira e se apresenta com a convidada especial na obra “O Quebra-Nozes”, como parte da programação do maior evento natalino do país – Natal da Luz dos Pinhais, em Curitiba. Em 2023, o espetáculo também ganhou a presença de Carlinhos de Jesus.

Nicole Vanoni

Diretora-geral e artística e produtora cultural paranaense, graduada em Educação Física e pós-graduada em Dança, destaca-se por sua visão contemporânea na dança. Fundadora da Curitiba Cia de Dança em 2013, sua influência se estende além do palco, envolvendo produção cultural nos editais de todo Brasil. Com diversas participações em festivais nacionais e internacionais de dança em seu histórico, é reconhecida também pela direção-geral e artística do aclamado espetáculo O Quebra-Nozes, parte da programação oficial do Natal Luz dos Pinhais.

Nicole também é responsável pela direção-geral das obras exclusivas da companhia que levam a assinatura dos principais coreógrafos do Brasil, como Memória de Brinquedo, de Luiz Fernando Bongiovanni; Relações, de Carlos Laerte; Dançando Villa, de Rosa Antuña, Mirolando, de Miriam Druwe, Quando Se Calam os Anjos, de Airton Rodrigues.

R. Padre Agostinho, 400
São Francisco, Curitiba – PR
80410-020, Brasil